1 de ago de 2007

Para os meus amigos


Canção da América


Amigo é coisa pra se guardar
Debaixo de sete chaves,
Dentro do coração.
Assim falava a canção
Que na América ouvi,
Mas quem cantava chorou
Ao ver seu amigo partir.

Mas quem ficou, no pensamento voou,
Com seu canto que o outro lembrou.
E quem voou, no pensamento ficou
Com a lembrança que o outro cantou.

Amigo é coisa pra se guardar
No lado esquerdo do peito,
Mesmo que o tempo e a distância
digam não,
Mesmo esquecendo a canção.

O que importa é ouvir
A voz que vem do coração.
Pois seja o que vier, venha o que vier,
Qualquer dia, amigo, eu volto a te encontrar,
Qualquer dia, amigo, a gente vai se encontrar.

(Milton Nascimento/Fernando Brant)

Nenhum comentário: