29 de mai de 2009

Para a minha filha

Te amo com toda a minha sensibilidade.Te amo com toda a força do meu coração; ele sempre baterá por você.Te amo,mesmo quando você está fora da cidade.Te amo mesmo quando nos desencontramos.Te amo desde as vísceras, no leite e no seio.Te amo porque cuidei.Te amo porque me apaixonei.Lebrinha e gatinha, que no doce sonho, eu cantava para te ninar.No meu colo, longe você foi.No meu colo você sempre ficará. Amor de mãe, amor de filha, às vezes confuso, às vezes em excesso.Mas, nunca de menos porque você é única. Nosso amor, meu amor, nunca termina. A nossa história resistirá às estrelas.Mesmo quando eu me for, você olhará para cima e, quando me chamar, eu virei, embalada em seus mais sutis sonhos e devaneios.
Marisa Speranza

Nenhum comentário: