10 de abr de 2014

Sonho sem sono

Quatro horas da manhã
Inquieta, intrigada, em expectativa. Foliã de minha casa, agito o que me envolve e danço com o sono desperto.
Preciso fazer calar os sonhos que ainda não adormeceram.
Marisa Speranza

Nenhum comentário: