19 de jun de 2007

Coisas simples


Hoje quero escrever sem conteúdo, sem preocupação se erro ou acerto Quero estar no limbo, no lugar de faz de contas, no lugar da criança. Ser eu mesma, sem superego. Não acredito que possa, ainda não, talvez quando morrer. Agora vejo a imagem da lagoa e da lua que reflete minha existência. Tenho tantos medos,mas o pior é o de não ser compreendida em minha essência, às vezes, tão confusa. Gera solidão. Solidão gera vazio e eu busco ser tudo que não me deixe só. Quero estar com o outro, que gosta de mim como sou.Preciso ter prazer e rir das verdades absolutas porque elas não existem.Gosto de pessoas que gostam de ver o luar na lagoa. Coisas simples.

Marisa Speranza

Nenhum comentário: