10 de jun de 2007

Viagem


Quero voar e preciso de coragem. Cair no vazio, sem fronteiras. Paredes dizem onde estou; segura e estável. O quarto pintado de branco é o lugar dos sonhos. Lanço mão da realidade e acordo na queda ao descobrir que ainda tenho medo de liberdade. Apenas os pássaros podem voar. Continuo então tentando em meus devaneios de loucura e anseio.

Marisa Speranza



Nenhum comentário: