20 de jun de 2007

Oração



Não é preciso acreditar em Deus para orar. A mãe que arruma o quarto para o filho que já morreu está orando. Ela ora diante de uma ausência. Ora à um filho que nunca voltará. Os objetos amados que se perderam no tempo podem ser encontrados no espaço das ausências. É fácil chegar lá. Basta embarcar na saudade. Oração é a saudade transformada em poema.

Rubem Alves

Nenhum comentário: